Quais são as expectativas para o Fies 2016

Muitas mudanças ocorreram na liberação de novos contratos do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), a partir do segundo semestre de 2015. Essas alterações deixaram apreensivos os estudantes interessados em solicitar o financiamento em 2016, principalmente, em relação com a quantidade de vagas que serão abertas para o próximo ano.

Já que em 2015 houve um grande corte no repasse de verbas para o Ministério da Educação e os seus programas.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Vagas para o Fies 2016

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC), devem ser liberadas em 2016 350 mil novos contratos para o Fies. Agora, a prioridade do financiamento é para estudantes com renda menor, de até de 2,5 salários mínimos por mês. Outra mudança foi a taxa de juros do empréstimo que ficará em 6,5% ao ano.

Os interessados em solicitar o Fies devem também ter a última nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com pontuação acima de 450 e com nota acima de zero na redação. A classificação dos estudantes seguirá em ordem decrescente, de acordo com essa nota.

Cursos prioritários para liberação de financiamento em 2016

Os cursos de engenharias, para formação de professores (como pedagogia e licenciaturas) e de saúde terão prioridade na liberação do financiamento estudantil.  Além disso, as instituições de ensino superior terão que oferecer pelo menos 5% de desconto para alunos do Fies.Também segundo o MEC, as regiõesdo Norte e Nordeste terão prioridade na liberação de novos contratos. ]

Ainda foi adotado o critério de nota dos cursos, ou seja, aqueles com nota 5 na avaliação das universidades terão maior probabilidade de receber o financiamento. Nos cursos com notas menores, 3 e 4, será levado em consideração o critério de região.

 (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Inscrições para o Fies 2016

O processo de inscrição para o Fies 2016 continua o mesmo. Os novos contratos devem ser  solicitados pelo site  http://sisfiesaluno.mec.gov.br. Primeiro, o estudante precisa cadastrar uma senha, com o preenchimento dos seus dados pessoais. Após o cadastramento, o candidato deve realizar a sua inscrição no sistema.

Com a aprovação, ele tem que comprovar todas as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento – CPSA, órgão validador que funciona na própria instituição de ensino superior em que o estudante está matriculado, em até 10 dias corridos.

Validação de documentos para novos contratos

Com a validação da documentação, o candidato escolhe umas das instituições financeiras do Fies 2016, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal, para dar entrada no pedido e depois no contrato do financiamento estudantil, levando todos os seus documentos pessoais e os documentos pessoais do seu fiador.

(Imagem: divulgação)

(Imagem: divulgação)

Para isso, o universitário tem somente 10 dias corridos. É necessário ficar atento aos prazos para não correr o risco de perder o financiamento do Fies.

Recomendados para você: