Reabertura de inscrições Fies 2016

Reabertura de inscrições Fies 2016

O FIES é uma das melhores oportunidades de garantir o sonho de estudar e ter um diploma de ensino superior. Para quem não foi beneficiado por bolsas de estudo do Prouni ou tem apenas uma bolsa parcial, é uma excelente forma de driblar os problemas com o orçamento apertado e se concentrar nos estudos. E aos interessados, está na hora de ficar atento: o sistema acaba de reabrir suas inscrições!

FIES. (Imagem:Divulgação)

FIES. (Imagem:Divulgação)

O que é FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil – Fies – é um programa de financiamento que pertence ao Ministério da Educação. O programa tem como objetivo financiar a graduação de educação superior para estudantes que estão matriculados em instituições de ensino da rede privada. O financiamento cobre de 50% a 100% das mensalidades, sendo que o valor varia de acordo com a renda familiar bruta do interessado.

Reabertura das Inscrições FIES 2016

O Ministério da Educação reabriu o sistema de inscrições do FIES para novos contratos válidos para o primeiro semestre deste ano. O período de inscrições vai de 23 a 30 de abril de 2016. A notícia foi anunciada nesta segunda feira (23).

Para se inscrever, basta acessar o site oficial do programa, que é o http://sisfiesportal.mec.gov.br/ . E uma vez preenchidos os formulários requisitados pelo sistema virtual, o candidato ao financiamento deve procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição onde estuda para validar as informações prestadas em até 10 dias.

Depois da validação, é preciso que o candidato vá ao Banco do Brasil ou a Caixa Econômica (agentes financeiros entre os quais é possível optar durante a inscrição) e formalizar o contrato, também em até 10 dias.

FIES. (Imagem:Divulgação)

FIES. (Imagem:Divulgação)

Novas Regras FIES 2016

Vale lembrar que o sistema do Fies voltou ao ar, porém com novas regras. Uma delas é que o MEC passou a exigir dos candidatos uma nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e notas acima de zero no exame de redação. Os interessados que são professores da rede pública da educação básica e estão matriculados em cursos de licenciatura, pedagogia, normal ou superior estão isentos do cumprimento dessa regra.

As outras regras do Fies permanecem as mesmas: a renda familiar bruta do candidato deve ser inferior a 20 salários mínimos enquanto o percentual de comprometimento da renda familiar bruta per capita com as mensalidades deve ser de no mínimo 20% para que ele seja considerado apto a solicitar o apoio do programa.

A qualidade das instituições também são colocadas a prova: para solicitar o Fies os candidatos devem estar matriculados em cursos superiores com avaliação positiva junto ao MEC.

Boa sorte!

Recomendados para você: